LORO HOTEL

80  containers marítimos aportam na Lapa, no Corredor Cultural da Lavradio. O projeto, idealizado por empresários estrangeiros, utiliza containers como solução para a implementação de um hotel temporário em um terreno que funcionava como estacionamento.

Contexto de implantação

Sobrados coloridos predominam na composição do ambiente histórico e cultural da Rua do Lavradio. A tipologia  implantada em  lotes estreitos e longos, sem afastamentos laterais ou frontais, compõe uma continuidade espacial, que caracteriza a ambiência da rua. O terreno do projeto, formado por três lotes do antigo parcelamento, apresenta-se como um vazio nesta continuidade.

Inspirando-se no ritmo criado pelas repetição das fachadas estreitas dos lotes históricos,  propôs-se que a implantação do novo  edifício desse continuidade a paisagem construída, através do uso de materiais, soluções e técnicas contemporâneas.

O hotel possui 2 blocos paralelos, conectados por passarelas. O percurso entre blocos acontece em meio aos jardins, que funcionam também como espaços de convivência.

Abordagem técnica

Sendo o custo de reciclagem de container bastante elevado,  a reutilização destes equipamentos metálicos de transporte de cargas com outras finalidades, torna-se uma solução construtiva interessante em termos ambientais e financeiros.

Utilizou-se o container como módulo para os quartos e as áreas técnicas. Para a recepção e restaurante, bem como para as circulações verticais e horizontais, foram  utilizadas soluções em estrutura metálica montada no local, e concreto armado para as caixas das escadas enclausuradas e parte da fundação.

A pré-fabricação e modularidade conferem vantagens construtivas importantes no que diz respeito à otimização e inteligência do canteiro de obra, evitando desperdícios e diminuindo o tempo de construção.

Áreas comuns

O hotel conta ainda com piscina, restaurante, área multiuso  para atividades diversas e eventos. Com a incorporação do terreno vizinho, esse espaço comum será ampliado e se conectando-se à Rua Mem de Sá, através de um espaço de lojas e bares.

FICHA TÉCNICA

Projeto: Estúdio Guanabara

Paisagismo: Embyá Paisagens e Ecossistemas

Iluminação: Maneco Quinderé

Estrutura: Rodrigo Affonso, Kuo Chun Te, João Gabriel Silva Freire

Instalações: Green Gold

Ar condicionado: A sAlles

Construtora: CSV Engenharia

Localização:Lapa, Rio de Janeiro

Área: 3.000 m²

Ano do projeto: 2013

Categoria:  Projeto de arquitetura

Fase: Em construção

Veja também